sexta-feira, outubro 20, 2017

O sol verde :parte:02

fonte da imagem:Toca da Cotia

Para a confusão dele, ela começou a rir e ficou dançando, isso o deixou confuso, depois de ver ela direito, viu que nela não tinha nenhum corte, então imediatamente ele entrou no carro.
Ao ver a garota direito, notou que ela era a garota com quem ele perdeu a virgindade, é uma garota chamada Jessica, era uma garota estudiosa, sonhava em sair da cidade e conhecer o mundo.
Não soube o que fazer quando viu uma pessoa que gostava naquele estado, ainda tinha uma coisa que não conseguia tirar da cabeça, é quem é o autor do "o sol verde" , o que tem nesse livro para deixar uma pessoa sã desse jeito.
Continuando a andar de carro, viu na estrada um homem e uma mulher mortos no chão, saiu do carro para ver o que aconteceu, quando chegou perto notou que o homem estava com cinco facadas nas costas, a mulher estava com a garganta cortada, viu que a faca estava perto dela.
Foi de carro em direção para a delegacia, quando entrou na delegacia viu um guarda lá dentro, só que ele estava rindo histericamente, chegou perto dele.
- Seu guarda - disse o Roberto.
- Sim o que foi?! - disse o delegado com um tom de alegria.
- Quero relatar que vi dois corpos mortos na rua no chão da estrada.
- Não se preocupe, eles provavelmente foram iluminados.
- Você está dizendo que eles leram "o sol verde"?
- Sim, você acertou.
- Mas quem escreveu o sol verde.
O guarda novamente deu uma risada, depois ele começa a chorar, então apontou a arma para a própria cabeça, depois atirou, daí o Roberto dar um grito, vai andando para trás e caiu.
Se levantou, estava tentando se recuperar, entrou no carro e foi em direção ao bar, quando entrou no bar, viu algumas pessoas com os braços sangrando, com cacos de vidros na pele deles.


Veja a parte anterior: parte 01

quinta-feira, outubro 19, 2017

O sol verde :parte:01


fonte da imagem:Toca da Cotia

Uma coisa que a família do Roberto Sílas fazia era ir à cidade do interior da mãe, mesmo adulto continuou indo a tal cidade, visitando todos os anos.
Estava de carro, na estrada já conseguia ver a cidade de longe, já estava com um sorriso no rosto, lembrando-se de todos os momentos feliz que teve lá.
Estava indo no tempo das festividades, um tempo que ele aproveitou e muito quando era jovem, ficando com uma garota e perdendo até a virgindade.
Uma coisa sobra à vida dele, é que anda muito infeliz no trabalho, o chefe do trabalho dele não reconhece o esforço dele, Roberto é um vendedor de carros, também não anda bem no quesito de namoro, sempre os relacionamentos acabam num de cinco a seis meses.
Todos esses motivos são mais do que o suficiente, para aproveitar as festividades da cidade, para pelo menos por um momento ele possa ser feliz.
Quando estava na cidade, viu uma mulher com o vestido branco, coberta de sangue, com rosas nas mãos e dançando. Imediatamente parou o carro, saiu em direção a ela.
- Você está bem? - Disse o Roberto.
- Como não poderia está? - Disse a mulher.
- Você está coberta de sangue.
- Não se preocupe está tudo bem.
- Acho que você deveria ir para um hospital.
- Não se preocupe estou iluminada, então está tudo bem.
- Iluminada?
- Sim, eu li um livro que mudou a minha vida.
- É algum tipo de livro religioso?
- Eu li "o sol verde".
- "O sol verde" quem foi que escreveu?

quarta-feira, outubro 18, 2017

O homem que não quer acordar parte: Final


  Ela ver o Laten deitado com o aparelho na cabeça, com um sorriso ela saiu de lar, mais tarde enquanto estava indo para casa decidiu ver a menina, a doutora estava feliz vendo ela bem.

                                                                  Fim.


Veja a pate anterior:parte 01,parte 02,parte03,parte 04, parte 05, parte 06, parte 07

terça-feira, outubro 17, 2017

O homem que não quer acordar parte:07


  Uma casa ao lado aparece.
  - Você está mentindo.
  - Sim estou, mas sabe aqueles tipos de situações que a pessoa pede para não pensar em algo e é justamente nesse algo que a pessoa acaba pensando, acontece que quando eu falei que encontrei a primeira coisa que passou pela sua cabeça, foi o local onde ela estava, por mais que queira evitar este tipo de pensamento ela via ficando mais forte. Então já estou até.
  - Nãaa...
  Ela injeta a injeção em se mesma, então ela acorda e chama o assistente.
  - Diga que ela está na casa do lago.
  Depois na sala dela ficou andando de um lugar para outro, então o assistente entra.
  - E aí - disse a doutora Selina.
  - Procuram na casa do lago dele, e a encontram ela viva por sorte ela tinha água e comida que a sustentaram nesses cinco dias.
  A doutora pulou de alegria.
  - Isso sim é que eu considero um final feliz - disse a Selina.
  Ela pesquisou do por que ele tentou se matar, viu pelo documento que ele não estava ganhando dinheiro suficiente para sustentar a casa, então ia perder a casa cedo ou tarde alguém do governo iria achar a garotinha e mandar ele para a prisão. Ela ficou olhando o Laten deitado.
  - Então vai acordar ele? - Disse o assistente.
  - Ele não que não quer acordar que quer viver naquele mundo dos sonhos, mas antes vou pedir para as pessoas que cuidam do mundo dos sonhos dele, fazerem uma coisa para mim.
  O Latem estava em um campo aberto, tinha girafas com assas voando por toda parte.
  - Que merda de lugar é esse, me tire daqui, me tirem daqui...

                                                                 Continua...

Veja a pate anterior:parte 01,parte 02,parte03,parte 04, parte 05, parte 06

segunda-feira, outubro 16, 2017

O homem que não quer acordar parte:06


  Ela viu que por toda lado elas estavam escrevendo “me ajuda” daí olhou para ele notou que estava soando frio, a doutora Selina dar uma risada.
  - Por que você está rindo? - Disse o Laten.
  - Porque o seu subconsciente te traiu, quando eu te contei que passaram cinco dias, você percebeu, que ainda da tempo para salvar ela, isso - apontando para as meninas - É o seu subconsciente está me dizendo a verdade, você deve ter colocado mantimentos para ela, para aguardar a sua volta, mas alguma coisa deu errado, então tentou se matar, mas não deu certo e você ficou nesse estado do coma.
  - Nossa como você está errado.
  As meninas começam a rir, por um momento pensou que elas estavam rindo dela, mas quando observou ao redor, notou que ele não estava alegre, que as risadas estavam o incomodando.
  - Obrigada Juciana você me ajudou.
  - Parem de rir! - Disse o Laten.
  - Então eu acertei na minha dedução.
  - Eu não vou te contar mais nada.
  - Se bem que não é você que está contando tudo, é o seu subconsciente que estar.
  - Você nunca vai achar ela a tempo.
  - Vamos, diga onde ela está?
  - Nunca!
  - Você vai dizer para á policia quando você acordar.
  - Espere.
  Ela injeta a injeção em se mesma, ela desaparece, depois de cinco minutos a doutora aparece, ela estava sorrindo.
  - Tenho uma boa noticia - disse a doutora.
  - O que foi?
  - Nós a encontramos.
  - Não isso é impossível...
                                                                      Continua...

Veja a pate anterior:parte 01,parte 02,parte03,parte 04, parte 05

sexta-feira, outubro 13, 2017

O homem que não quer acordar parte:05


  O assistente saiu da sala, então a doutora Selina vai à direção da esposa do Laten e mostra a foto da menina para ela.
  - Me diga você e o seu marido tem alguma relação com a Juciana?
  - Não, eu não conheço essa criança.
  - Você tem certeza disso, por que no sonho do seu marido ela estava por toda parte, do jeito como é o mundo dos sonhos do seu marido, não é um bom sinal.
  - Desculpe, eu não conheço.
  A Selina foi à cama ao lado do Laten, coloca o aparelho na cabeça e se deita, então volta para o mundo do Laten, vai à direção dele.
  - Normalmente eu tentaria acordar na calma, mas como isso é um caso de policia - ela tira a injeção do bolso - terei que te acordar na força.
  Ela vai à direção dele com a injeção, ele segura o braço dela, ele dar uma joelhada na barriga dela, depois com o corpo empurra ela para o chão.
  - Desculpe, eu quero viver nesse mundo dos sonhos para sempre.
  - O que você fez com ela seu maldito?
  - Me diga quanto tempo se passou desde que eu estive em coma?
  - Faz uns cinco dias.
  Ela ver a Juciana segurando na mão dela.
  - Por favor, me salve - disse a Juciana.
  - O que você fez com ela?
  - Eu cuidei dela.
  - Você a matou?
  - Sim, não á nada que você pode fazer por ela.
  - Pelo menos me diga onde você deixou o corpo dela.
  Ela fica vendo uma fileira de Juciana escrevendo no chão com o sangue, a doutora notou o que ela estava escrevendo estava escrito “me salve".
  - Você a matou, certo?
  - Sim, como eu tinha te falado antes.
  - Mas então por quê?

                                                                       Continua...
Veja a pate anterior:parte 01,parte 02,parte03,parte 04

quinta-feira, outubro 12, 2017

O homem que não quer acordar parte:04


  - É eu disse.
  - Vamos você não quer ver a sua família novamente?
  - O meu lugar aqui.
  Ela ver uma menina de vestido branco, ela estava acorrentada e viu a doutora e ficou com lagrimas nos olhos.
  - Me ajuda - disse a garotinha.
  - É isso que me intriga nisso tudo, você é filho único, você só teve filhos, vi nos relatórios não teve morte de garotinha nenhuma com relação a você, então que é ela?
  - Eu não vou estragar a surpresa.
  Ela ficava vendo o rosto dela, então teve uma revelação, tirou uma injeção do bolso e se injetou então ela acorda retira o aparelho da cabeça, então vai correndo direto para a sala dela, o assistente chega à sala.
  - O que foi que aconteceu?
  - Tem uma garotinha no mundo dos sonhos, eu tenho certeza que eu já vi ela antes... Oh meu deus!
  Ela ver um artigo, com uma foto de uma pessoa desaparecida, e na foto era a menina do sonho de Laten, ela se chama Juciana, no artigo está dizendo que ela desapareceu por cinco meses.
  - Eu não entendo por que ele sonharia com ela, será que ele a matou, eu não consigo tirar a imagem da minha cabeça ela sem os olhos, espere será que ela ainda está vida?Eu a vi pedindo ajuda será que já é tarde demais?Preste atenção - Disse a Selina para o assistente.
  - O que foi?- Disse o assistente.
  - Eu quero que você chame a policia, dia que provavelmente ele tem alguma coisa haver com a garotinha desparecida, pede para verificar os terrenos que ele possui, viva ou morta tenho certeza que ela está lá, enquanto isso vai procurar saber mais sobre esse caso.
  - Certo.
                                                                    Continua...

Veja a pate anterior:parte 01,parte 02,parte03