terça-feira, agosto 29, 2006

Hotel 1

Um homem acorda numa cama, esse homem tem uma barba mais não toda feita com jinz e camiseta branca, acordou e viu uma televisão, e viu o controle no lado e ligou a tv e ficou mudando de canal e depois desligou e ele olhando de um lado para o outro e falou:
- O que aconteceu? como eu cheguei nesse lugar que mais parece um quarto de um hotel de luxo, estranho eu não me lembro de vim aqui.
se levantou da cama e ficou observando o quarto ficou estranhando tudo, a mesa e tinha até um frigobar, ao lado da cama e ficou vendo o quarto e falou:
- Que estranho, aqui não tem janela mais que tipo de hotel é esse.
Ficou sentando na cama pensando e ficou pensando sem parar ficou olhando o frigobar e se levantou da cama e falou:
- Pelo visto, será o que tem dentro desse frigobar eu tenho que pagar, pelo visto desse hotel eu acho que vai ser caro.
Se deitou na cama e viu como estava o frigobar, viu que estava cheio ficou estranhando e falou:
- Como eu cheguei aqui? pelo visto eu não tô aqui nem faz muito tempo por que isso daqui estar muito cheio, normalmente quando eu fico nesses lugares quase não tem nada.
Fechou a porta do frigobar e ficou olhando no teto ficou pensando sem parar e falou:
- Nesse hotel deve ter um bar, eu acho que me hospedei aqui ontem, eu bebir muito tanto que eu me esquesir como eu vim parar aqui.
Ficou olhando para o teto e pegou o controle e ficou mudando o canal da televisão, e cheirou o suvaco e falou:
- Bem se eu ganhei algum prêmio tenho que aproveita-lo.
Se levantou abriu uma porta foi no banheiro, abriu a porta que era de vidro, e tirou a roupa tinha uma toalha lar, e ligou o chuveiro ficou tomando banho, pegava o sabonete passava no corpo, fechou os olhos sentindo como a agua estava escorrendo sentia uma sensação boa quando abriu os olhos estava saindo sangue, e ele falou:
- Sangue, mais de onde vem.
Viu que estava escorrendo do chuveiro...
Com o susto que ele levou, foi cair de lado e bateu no vidro e quando caiu no chão caiu de costas enfiando alguns cascos de vidro na costa dele, se elvantou ainda pisando em alguns cascos, pegou a cueca e colocou o jeans bem rapido, e falou:- Meu deus o que foi aquilo, como pode haver sangue.Saiu correndo do quarto foi correndo e não achava ninguêm e pensou e disse:-Eu vou falar com o gerente.Tentou procurar uma escada e quando viu o elevador notou uma coisa e logo falou:-Cadê o botão.Um pequeno intervalo de pensamento olhando para um lado e olhando para o outro e falou:- Cadê A PORRA DO BOTÃo.Batendo na porta do elevador e ficando cada vez mais com raiva e mais louco.Duas horas depois ele tentava se acalmar e ele olhou para o espelho do bar, e tentava tirar as vidros mais ele fiacava sentindo muita dor e reclamava gritando:- Droga, filho da puta.Tirou todos os vidros ficou andando de um lugar para o outro , vendo os corredores e quando descidiu olhar um quarto, abriu a porta e falou:- Que estranho só os banheiros tem chave mais as portas são abertas, qualquer um pode entrar.Entrou no quarto viu a cama, quando entrou sentiu três espinhos no pé dele, mais foi bem enfiado os espinhos cehgar cravor no pé dele, caiu no chão de dor, tirou os espinhos e falou:- Droga que lugar é esse?tirou os espinhos e foi arrastando para o quarto, quanto entrou ficou procurando nos criado mudos algum medicamento, ele pegou o lençou e enrolou no pé dele, ouviu um passos no lado de fora, e gritou:- Quem é?Se levantou com dificuldade, e abriu a porta mas não viu ninguêm fora e falou:- O que estar acontecendo?Ficava batendo a cabeça na porta, e dizendo:-MEUS DEUS OOQUUUUUE ESTAAAAAAR ACONDENDORR AAAAAAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRRR.Quando se levantou a porta abriu derrepente sentiu uma força batendo na nuca dele e caiu no chão, quando acordou viu uma mulher lora com camiseta branca e um chorte jeans, sentanda numa cadeira olhando para ele com raiva e falou:-Foi você que me colocou aqui, Foi?Ouvindo ela e nem entendendo nada e falou:-Não vou estar louca, NÃO FUI EU.Ela se levantar derrrubando a cardeira e diz:- Não me chame de louca.derrepnete eles ouvem um grunido:-UURRRRRRRRRRRRRRRRRRR AAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRRRRRRRR.
Eles ouvem o barulho e eles ficam muito assustados a mulher ficar cada vez mais louca, e ela falar:
-O QUE É ISSO?
o homem tambem estava confuso e falar:
- Olhar eu não sei o que estar acontecendo, NÃo fui eu que coloquei nós aqui, aliás qual é o seu nome?
Ela ficar olhando para a porta e para ele e falar:
- Sheilar e você?
Ele responde:
- Charles, dar para você me desamarrar?
A mulher ficar olhando desconfiada para ele e diz:
- Como eu posso ter certerza de que você não é o responsavel por tudo isso.
Ele ficar cada vez mais com raiva e diz:
- Por que eu tambem estou preso, e eu me ferir se eu tiver-se planejado tudo isso nada do que aconteceu comigo realmente teria acontecido.
Ela descidiu desamarrar, e ele se levantou com dificuldade e saiu do quarto e eles bastante assustados olhando de um lugar para o outro, e viu uma pessoa de jaqueta preta camisa preta cauçar preta mechendo em um notebook, a shailar falou:
- Quem é você?
O homem olhar para trás e diz:
- Syrús.
Ela fica olhando desconfiada e falar baixinho para o Charle:
- Ele parece ser um homem bastante inteligênte normalmente eles, são os responsaveis por esse tipo de lugar.
Charle foi para perto dele e notou que no notebook estava conectado na internet e viu que ele estava em um bate papo e ele falou:
- Você já falou com alguêm para pedir ajudar?
Syrús olhar para trás e diz:
- Até que eu gostaria, mais eu não sei onde estou nem em que pais pedir ajuda como, por sorte aqui é permitido conectar na internet.
A mulher ficar olhando para ele e falar:
- Voce ganhou esse note book ou é seu?
Ele responde :
- Estava escondido no criado-mudo.
derrepente uma cara ficar se formando na tela do notebooke, Syrús olhando assustado e falou:
- O que é isso?
A cara derrepente soltar um grito:
-SAIAM, SAIAM, SAIAM , OU VOCÊS VÃO MORRER SAIAM.
A cara desaparece e todos ficaram muito assustados e o Syrús falou:
- O meu deus.
Todos ficaram muito assustados o Syrús ficou com a cara encostada na mesa ficando pensado e tentando se conforma com tudo o que estar acontecendo e falou:
- Eu sou muito inteligênte mais não consigo encontrar explicações para isso que aconteceu.
O Charle ficou pensando e falou:
- Muita coisa que aconteceu aqui não tem nenhuma explicação essa é a verdade.
Syrús fechar o notebooke e sair da mesa e falar:
- Eu vou por meu quarto.
os dois foram acompanhar ele para o quarto, quando chegou lar ele falou:
- Esperem.
Abriu a porta do quarto e viu os espinhos no chao e ficou tirando eles, charle viu que era um dos espinhos que ele tinha pisado quando o Syrús tirou os espinhos ele deu um murro no Syrús, que aciu no chão e falou:
- Foi nesse quarto que entrei e machuquei o meu pé.
Ele olhar para o charle com raiva, e tirar um revolver da jaqueta e diz:
- Se você fizer isso de novo eu lhe dou um tiro.
O CHarle ficando mais com raiva falou:
- Então atirar.
A sheilar vendo essa brigar e falar:
- Parem com essa brigar.
vendo o revolver de Syrús e falou:
- Onde você conseguiu esse revlolver?
Ele respondeu:
- Cada um dos quartos que tem uma pessoa tem uma arma diferente, no meu é esse revolver no do meu amigo tinha esses espinhos no seu eu acho que foi esse bastão, por isso eu tô achando que o objetivo de quem construiu esse lugar, é fazer com que agente se marte.
O Charle estava pensando:
- Eu acho que deveriamos checar todos os quartos para saber se tem mais alguêm que possar nos ajudar.
Ele ouvir isso e falar:
- Não, por que nem todos os quartos são normais, alguns possuem armadilhas, se vocês querem saber como eu sei isso um dos meus amigos morreu perfurado por causa de uma maquina que ficava perfuranco ele.
Eles ouvem o barulho lar fora de novo, mais desta vez estava se aproximando um grunindo crescendo cada vez mais, e quando chegou na porta deles, tentou abrir a maçaneta bem devagar e todos eles foram correndo em direção a porta para impedir , o que seja que estar lá fora não entre, todos colocando muita força, mais a coisa ficava empurrando a porta com muita força, O chrale tentando fazer com que a coisa não entre e falou:
- Droga esse filho da mãe é forte demais.
O Syrús teve uma ideia segurando o revolver atirou na brechar da porta umas duas vezes e parou não estavam empurrando a porta.
A sheilar pensando:
-Será que ele morreu?
Todos eles ficaram no suspense pensando se a criatura tinha morrido ou alguma coisa que estiver-se lar fora, a sheilar perguntar:
- Vamos ver.
Syrús abriu a porta, quando viu todos notaram de que não havia nada e nem um só pingo de sangue, Charle ficou olhando de um lado para o outro e falou:
- Mais o que será que tentou abrir a porta.
Syrús ficar pensando e diz:
- Talvez não seja o que nós estavamos pensando, talvez seja só uma pessoa normal.
Charle ficar pensando e falar:
- quantas balas vc tem air?
Syrús ficar calculando e diz:
- Umas quatro.
Sheilar ficar pensando e falar:
- Mais esses tipos de armas tem normalmente 7 balas?
Syrús olhar para a sheilar e diz:
- Eu tinha dois amigos um morreu com uma armadilha e o outro ficou louco e não tive outra escolha eu tive que marta-lo.
A sheilar ficar supriendida com isso e diz:
- Você matou uma psssoa?
Syrús ficou com olhos fechados ficando pensativo e diz:
- Isso é o que acontece com que não se acustumar a viver nesse lugar.
Charle olhar para a Sheilar:
- Pelo visto, a Sheilar pode ser um grande perigo.
Ela olhar para os dois:
- Se alguêm tentar alguma coisa, eu mato vocês.
Charle ficou pensando e falar:
- Não é muito bom ameaçar alguêm que tem um revolver.
Syrús ficar pensando e diz:
- Me diga charle qual é a sua arma?
Charle ficar pensando e diz:
- Eu encontrei uma espada média.
Todos entram no quarto e todos ficam pensando e a Sheilar ficar pensando ainda mais e diz:
- Mais o que será que nós atingimos.
Todos escutam um barulho lar fora tipo um gritor e derrepnete uma pessoa entrar no quarto com a cara ferida, careca camisa normal marrom shorte de caçador, e olhar para eles e diz:
-Quem são vocês?
Syrús responde:
- Essa mulher se chamar sheilar, eu me chamo Syrús e ele se chama charle, e você?
A pessoa responde:
- Rock, eu vir alguma coisa lar fora com pelos preto que me atacou eu não pensei duas vezes e sair correndo, e no meu quarto só tinha essa droga de faca para me defender.
Sheilar pensar no que o Rock diz e falar:
- Me diga você achar que aquilo é algum tipo de homem?
Ele responde:
- Eu não sei o que tem lar fora mais não é humano, eu acho que é a criatura foi enviada por "eles".
Charle ficou confuso e diz:
- Eles?
Rock olhar para todo mundo e falar:
- "Eles", eu os vejo as vezes quando estou meio acordado, eu pecebo que eles ficam mudando tudo por diverção eu acho, quando eles querem modificar alguma coisa, ninguêm tem como lutar com "eles", se vocês querem saber como eu sei tinha um quarto que era uma armadilha quando eu fui olhar de novo não era mais.
Charle ficar pensando e diz:
- Bem pelo menos acabar com a teoria de que alguêm daqui é o verdadeiro causador de tudo isso.
Syrús vai para perto da porta e não houve nenhum barulho, e falou:
- Vamos sair do quarto.
A mulher ficar com medo e falar:
- Mais e a criatura?
Ele olhar para ela e diz:
- Ficar aqui tambem não é seguro.
Todos sairam do quarto sheilar olhar, o Rock e perguntar:
- Você achar que a intenção deles é nos matar com essa criatura?
O Rock responde:
- Se o objetivo deles erá nos matar então porque dariam armas.
todos andando e ouviram uma converça e foram atrás dessas vozes, e viram duas pessoas de camisa social com cauçar jeans e com escopeta e tinham orculos e cabelo preto e curto, eles olharam para trás e disse:
- Quem são vocês?
Charle responde:
- Eu sou Charle, aquele com a cara arranhada é o Rock e o outro é Syrús e a mulher é Sheilar e vocês?
Um deles respondeu:
- Meu nome é bill e dele é ted, e sim nós somos gêmeos.
Derrepente uma porta é quebrada e um golpe de machado foi dado no Ted, o Bill saiu correndo tenou atirar com a escopeta mais errava e sairam correndo, todos foram correndo juntos para o quarto, O Bill muito assustado ficou chorando e disse:
- Meu irmão, por que ele?
Ele ficava chorando forte e auto, O Rock deu um murro nele e caiu no chão de inconsciênte, e disse:
- Desse jeito a criatura vai acabar nos achando.
Eles virão que um buraco se abre e é lançado um lançar de ferro no Rock atreverssando o peito dele, Syrús viu isso e disse:
- Quarto errado.
O Syrús e o Charle pegaram o corpo do bill e fiacaram carregando ele pelos braços, e sairam do quarto entraram no quarto ao lado e a Sheilar falou:
- Nós vamos morrer.
Todos estavam no quarto, eles ouvem um barulho muito estranho notaram que a parede estava se levantando, de trás e notaram os rugidos o Charle vendo isso e disse:
- E, agora?
Viram três leões quando viram isso sairam do quarto na hora, a Sheila ficou vendo se a criatura estava vindo, tentou escorar na parede e aperta um butão, olhar para trás e diz:
- O que foi que eu fiz?
Charle olhar para ela e diz:
- O que você fez?
Ela responde:
- Eu apertei esse butão.
Notaram que ginchos de agua começaram a soltar água, depois parou Syrús olhou para os lados e disse:
- Pelo menos não foi nada de ruim.
Depois começam a soltar alguns pingos, Syrús encostou na água e notou que é acida, ele notou o que ira acontecer e dise:
- Vão para algum quarto rapido.
Todos foram direto para um quarto, foram logo ver se esse quarto era alguma armadilha não acharam nada e o Charle falou:
- Pelo menos esse quarto é seguro.
Bill acordou e procurou o Rock e disse:
- Cadê o Rock?
Sheilar respondeu:
- Morreu.
Syrús estava encostado na porta tentando ouvir se a a agua acida já havia parado, notou que a chuva parou, e saiu todos tambem, foram andando e viram um corredor estranho que tinha várias palavras escritas na parede, estava escrito "matar" Syrús viu isso e falou:
- Será que a criatura escreveu isso?
Charle vendo isso e disse:
- Eu acho que não, não deve ser muito inteligente.
Sheilar ficou pensando e disse:
- Mais e se não for uma criatura, se for alguém que ficou muito louco.
Charle pensou no que ela disse e falou:
- Talvez seja isso mesmo.
Quando estavam andando, um elevador parou tendo uma caixa de cerveja, Charle achou isso estranho, Syrús foi pegar a caixa e disse:
- Isso foi enviado por "eles", quando alguma coisa acaba eles mandam coisas novas, já que as cervejas acabaram nós temos que colocar isso no local.
Pegou e levou para o bar e colocou no freezer, Sheilar achou isso muito engraçado e falou:
- E você obedece as ordens deles?
Syrús olhou para ela e falou:
- Isso é para as outras pessoas que moram nesse hotel.
Sheilar andou um pouco e falou:
- Cadê o corpo do Ted, será que a criatura levou o corpo.
Eles ouvem um grito:
- Socoroooooooo.
Charle olhr na direção do grito e diz:
- Será que ele morreu?
Todos ficaram pensando se iria atrás do grito mais o Bill não pensou duas vezes e disse:
- Olhar, talvez meu irmão ainda esteja vivo, então eu vou atrás dele.
Charle segurando a arma e diz:
- Olhar eu não sei se quem gritou foi o Ted, mas concerteza ele já pode estar morto, a criatura já pode ter matado ele.
Bill foi andando o Syrús vendo isso e falar:
- Se, você for sozinho vai morrer concerteza, então nós vamos, bem se agente tiver que morrer.
todos foram atrás de ted, viram uma porta que estava escorrendo sangue por de baixo, dela Syrús vendo isso e falar:
- Concerteza o que tem nesse quarto não pode ser coisa boa.
Charle foi até a porta e diz:
- Eu vou abrir, preparem-se, se a criarura tiver aqui usem tudo que vocês tem.
Entrão no quarto, e tinha uns 5 copos, um deles era o do ted estavam todos desfigurados mostrando a carne, o sangue por todo copo, amarrados por uma corda, sendo que todos estavam de cabeça para baixo.Syrús olhar isso e diz:
- Pelo visto seu irmão não estar vivo.
todos sairam do quarto a sheilar vendo aquilo e diz:
- Aqueles só podem ter acordado antes da gente?
Charle ficar pensando e falar:
- Olhar isso não é muita certeza por que as nossas portas não tem trancas, então seja lar o que for pode ter entrado, e martado eles.
Bill ficar chorando de novo por que agora sabe que o seu irmão estar morto, Syrús falar:
- Bill, você tem que parar de chorar, por que eu aposto a coisa que matou seu irmão, não vai ter nenhuma piedade de você, por isso seja homem, e vamos para o meu quarto preparar a armadilha, pelo menos lar vamos estar um pouco seguros.
Charle ficar olhando para o pé dele e diz:
- O seu quarto pode ser o local perfeito para matar acriatura, mas como a criatura pode saber que nós estamos lar.
todos estavam prestes a sair, quando todos ouvem do quarto:
- Nos ajudenos por favor.
Todos ficam com muito medo, Syrús perde completamente a razão, e diz:
- Como eles podem estar vivos.
Charle ficar com uma cara de muito medo e falar:
- Eu não sei.
ficaram pensando no que fazer, Bill não pensou duas vezes e abriu a porta, todos que estavam no quarto estavam morrendo e dor, isso é de assustar qualquer um, Syrús vend isso e ficando chocado e disse:
- Meu deus como eles podem estar vivos.
Charle foi na direção deles e falar:
- Eu não sei mas se estão vivos é melhor ajuda-los.
Bill, Charle e Sheilar foram soltando os copos, sairam do quarto, e foram para o quarto do syrús, Sheilar ficou olhando o caminho e falar:
- Olhar, eles sugaram o caminho todo de sangue provavelmente aquela coisa vai vim aqui, quando pecerber que eles não estam mais lar.
Charle ficar olhando e diz:
- O pior que ela tem razão.
Bill tentando ajudar o irmão e falou:
- Será que nesse local não tem medicamento.
Syrús ficar encostado na porta ouvir o barulho do elevador e falar:
- Alguma coisa chegou.
Charle ficar pensando sobre tudo isso e falar:
- Será que a criatura, usar elevador, por que você sabe que a criatura pode estar envolvido com tudo isso, e tambem ele pode ser humano.
Bil ficar olhando todos os copos e falar:
- Se for um humano deve ser um humano bem louco que goste de matar.
Syrús abre a porta e vai até o elavdor.A Sheilar ficar preocupada e falar:
- Cuidado.
Ele foi andando com todo cuidado e viu uma caixa cheia de remedios, estranhou isso e pegou, foi até eles, meio confuso e falar:
- Eu acho que eles querem que agente saia vivo.
Sheilar pensou sobre tudo o que aconteceu e falar:
- Por que você achar isso?
Mostrou a caixa cheia de remérdios, e disse:
- Por que nos mandaram isso.
Bill pegou a caixa e falou:
- Então eu acho que temos que agradeçer seja lar quem for.
Charle ouvir o que ele diz:
- "Eles"', esse seja lar quem for, foram "Eles" que nos colocaram aqui.
Sheilar ficou vendo o Bill tratando eles e falou:
- E se um deles se feriu, será que foi por isso que mandaram o remédio.
Sheilar olhando com desconfiança para o bill, Charle tambem pensou uma coisa e falou:
- Provavelmente ela pode estar certa se a criatura, saiu do controle, e agora tem que marta-la.
Syrús ficou pensando e falar:
- Mas se for uma criatura mesmo, lembre-se quem alguêm escreveu "matar".
Charle ficou pensando nisso e falou:
- Mas e se não for uma criatura mas um cara que agora estar louco e que só pensar em matar, seria um motivo maior para alguns deles vierem aqui em baixo.
Sheilar ficou olhando para os corpos e falou:
- Quem garante que a pessoa que quer matar todo mundo não é um deles.
Bill ficou tentando tratar deles, mas estava saindo muito sangue, e não conseguia merdica-los direito ele falou:
- Será que alguêm poderia me ajudar.
Syrús ficava olhando para as armas e o jeito como eles morriam de dor e disse:
- Se o medicamento não foi para eles mas para nós previnindo de algo, por que eles não tem chance nenhuma estão derramando muito sangue, ficam gritando de dor sem parar, eu acho que o certo seria fazer uma coisa.
Boll olhar para o Syrús e se levantar e falar:
- Se voçê estar querendo marta-los, você só pode estar maluco, por que eu não vou deixar que ninguêm mate meu irmão.
Syrús ficar olhando a arma e diz:
- Eu só tenho três balas, e seria muito arriscado eu acabar com todas as minha balas caso a criatura aparesar.
Bill ficando cada vez mais com raiva pegou a escorpeta dele e apontou para a cara de Syrús e falou:
- Ninguêm vai marta-lo.
Syrús ficar olhando para ele e diz:
- Você achar que o mais humano seria deixar eles grintando de dor até que a morte finalmente chegue.
Bill ficando com tantar raiva que até saia lagrimas dos olhos e falou:
- Ninguêm vai matar-lo.
Sheilar vendo os corpos gritando de dor, um deles até falar:
- Me mate.
Sheilar ficar tendo dó e falar:
- MEU DEUS, eles estão querendo a morte eu acho que deveriamos dar-los se não eles vão ficar gritando de dor.
Bill estava com raiva de todos por que ficavam tendo a ideia de matar o irmão dele, mais ficava apontando a arma para todo mundo e falou:
- Aquele que fizer algum mal ao meu irmão, vai ter que me matar primeiro.
Syrús ficando com raiva e falou:
- Ótimo então deixe o seu irmão sofrer ate a morte.
Todos eles ficavam gritando de dor, Charle saiu do quarto e falou:
- Eu vou emborar dessa loucura.
Quando saiu, do quarto ouviu dois tiros, o Bill estava morto no chão, o Syrús estava ferido no ombro, ele olhou para o Charle e diz:
- Pega a arma dele, e atirar em todos.
Charle nem pensou muito, e pegou a arma e atirou em todos, Charle olhou para o Syrús e disse:
- O que você fez?
Ele respondeu:
- Ele estava ficando louco eu tinhar que marta-los mais ele não me deixou muita escolha, então atirei nele, ele em min.
Sheilar pegpu o medicamento e foi cuidar do Syrús, e ele falou:
- Temos que sair daqui provavelmente a criatura vai vim aqui, eu tenho certeza disso, veja muitos corpos mortos esperando para serem comidos, temos que sair daqui se não nós seremos os proximos.
Todos sairam o quarto o Charle ficou pensando, e falou:
- Vamos por meu quarto.
Todos foram mais quando chegaram na porta Syrús falou:
- Espere.
Ficou cheirando e falou:
- O seu quarto tem cheiro de sangue.
Charle pensou nisso e falou:
- Por causa do meu ferimento no pé.
Syrús já pensou nas consequencias e falou:
- A criatura ela pode vim para cá, então só restar um qaurto.
Sheilar ouviu isso e falou:
- Estão falando do meu.
todos eles estavam andando syrús olhou para a sheilar e falou:
- Me diga onde é o seu quarto?
Ela ficou pensando ficou olhando para os lados e falou:
- o numero do meu quarto é o 102.
Foram andando, acharam o quarto Charle abriu a porta olhou para todo o quarto e falou:
- Tudo normal.
Ela ficar olhando para o quarto espantada, ficou olhando por de baixo da cama no banheiro, Syrús estranhou o comportamento dela e falou:
- O que foi você estar estranha?
Ela ouviu o que ele falou e ficou olhando para os lados e falou:
- Tudo bem, não é nada só estou olhando o meu quarto.
Charle fechou a porta, e falou:
- Me diga nós vamos ficar nos escondendo, se a criatura nos matar, de um jeito ou de outro, temos que lutar para que isso não aconteçar.
Syrús ficou pensando colocando a mão no queixo e falou:
- Se ele não aperecer teremos que ficar olhando de quarto em quarto, e se nós queremos entrar no quarto para ver se ele estar mesmo lar provavelmente os quartos armadilhas, poderia nos matar primeiro.
Chare ficou pensando e falou:
- Então agente vai ficar esperando ele nos atacar é isso que você tem em mente, existe um grande risco da criatura querer nos matar.
Sheilar sentou na cama e falou:
- Lembre-se não sabemos se é uma criatura pode ser uma pessoa louca.
Syrús só ouvindo e falar:
- Mesmo se não for uma criatura ele representar um grande perigo, uma pessoa que pensar em matar, literalmente não é uma pessoa que queremos no nosso grupo.
Charle ficou encostado na porta e pensando:
- De um jeito ou de outro termos que matar-lo.
Syrús bateu na parede e falou:
- Por que diabos estamos aqui.
Sheilar, olhou para o Syrús e falou:
- Para morremos mandaram colocar armas para agente ter a impressão de que agente estar seguro, mas talvez essas armas nem machuquem, essa é a verdade nós vamos morrer, e nada vai imperdir isso.
Syrús ficou de braços cruzados olhando para ela e falou:
-Pelo visto você estar querendo morrer, tomara que você não se torne um problema no futuro.
Charle olhar para os dois e falar:
- Fiquem calmos ninguêm vai morrer.
Todos ouvem um grunindo, todos olharam para a porta Sheilar falou:
- Eu acho que ele estar lar fora.
Charle com a escopeta na mão, olhou para ele e depoisolhou paraa porta e falou:
- Temos que atacar-lo antes que seja tarde demais e se essa for a nossa unica chance.
Syrús preparando o revolver falar:
- Você pode ter razão, mas um de nós corre um risco de morrer.
Charle ficou pensando e perguntou:
- A sheilar ela não tem nenhuma arma ela só estar com esse bastão, que em uma criatura eu acho que não vai servir muito.
Derrepnete eles ouvem uma respiração perto da porta uma respiração bem forte, e o som é como se tiver-se cheirando o que tem ai dentro. Todos ficaram calados, tentaram não fazer nehum barulho, mais viram que ele estava movendo a marçaneta, todos eles já etsvam com adrenalina a flor da pele, CHarle carregou a escopeta e falou:
- É agora.
Quando abriu a porta viram uma criatura perluda, com cara de javalir, com uma pelagem preta e com um machado, Cheilar viu a criatura e falou:
- Definitivamente não é humano.
Charle mirou a criatura foi avançando e ele atirou a criatura sentiu o tiro e saiu correndo do quarto, todos ficaram paralizados com o medo, O Charle falou:
- Pelo, menos estamos vivos.
Derrepente eles tem uma pessoa fechando a porta rapidamente, todos ficaram supresos e Syrús falou:
- E essa agora.
Charle, foi ate a porta quando abriu, ficou olhando de um lado para o outro e falou:
- Será que a criatura e o assasino estão agindo juntos?
Charle ficar olhando para a porta, foi andando devagar chegando nela abriu a porta, viu se alguma coisa estava lar fora, e viu uma pessoa com camisa social preta, sapatos preto, calçar cumprida preta, um branco moreno. Estava olhando para o shão e falou:
- Você acertou ele parabéns.
Charlese imprescionou, ficou vendo se tinha mas alguêm, a pessoa olhar para ele e aponta e falar:
- Você mesmo, isso pode ser uma grande vantagem, agora podemos seguir o rastro dele, e marta-lo.
ele sair da porta e pergunta:
- Qual é seu nome?
Ele responde:
- Eu sou Kyller, Kyller frost e você?
Ele responde:
- Meu nome é Charle, tem duas pessoas naquele quarto, um é homem ele se chamar Syrús, e tem um mulher chamada Sheilar, e o que você estar fazendo.
Kyller dar uma rizada e falar:
- Eu estou caçando essa coisa, ela matou uma amigo meu.
Charle ficar olhando para a porta e falar:
- Eu vou chamar eles para nos ajudar.
Ele ver que ele tem uma escopeta e falar:
- Eu acho melhor que não, para fazemos dois grupos para marta-lo.
Ele ficou pensando e falou:
- Eu pelo menos vou falar da situação.
Kyller dar uma rizada e falar:
- Você pode falar com eles mas eu não vou perder mas tempo, eu vou marta-lo e vai ser agora.
Charle ver o Kyller e diz:
- Cadê as suas armas?
Ele responde:
- São duas facas bem afiadas.
Charle se impresciona com que ele falou e falar:
- Você estar louco você vai tentar marta-lo com duas facas.
Kyller dar uma outra rizada e falar:
- Pode ser pouco para você mais é muito para min, acredite eu faço ,içagres com facas, eu não tenho medo do machado daquela coisa, ele é que deve ter medo de min com as minhas facas.
Charle vai para o quarto e falar:
- ele vai morrer.
Kyller estava vendo Charle voltar para o quarto, dele, Kyller foi andando e vendo os rastros de sangue, deu uma rizada e falou:
- Tomara que eles tenham te ferido e muito.
Foi seguindo o rastro de sangue e foi até o elevador, ele olhou para a porta e falou:
- Droga, será que ele foi para algum lugar para se curar.
Notou que distante dele, viu uma gota de sangue, deu um pequeno rizo e falou:
- você é esperto, você queria me fazer esperar aqui no elevador e quanto você podia fazer o ataque supresa, mais você não conguiu imperdir que o sangue derramar-se.
Foi andando, quando chegou no corredor, olhou de um lado para o outro e falou:
- Se você entrou em alguma dessas portas, quem foi que te ensinou.
Ficava olhando para a porta, derrepente ele ouve uma voz dizendo:
- O que você estar fazendo?
Kyller olhar para todos os lados e não ver ninguêm, pegou as farcas que ele escondia nas costas da calçar e falou:
- Quem foi que te ensinou a falar?
A voz aparece de novo dizendo:
- Saiam daqui ou todos vocês iram morrer.
Ficou correndo para procurar, a pessoa que estar falando, tentava ver se alguma porta fechava, ele viu um espelho chegou perto dele, viu um rosto totalmente palido, e disse:
- Vocês todos vão morrer.
Quando o Kyller viu isso saiu correndo de medo, parou e encostou em uma parede, ele ouviu uns tiros, ele ouve a voz de novo:
- Saiam ou todos vocês vão morrer.
Ele ficar irritado e falar:
- Eu não vou morrer, se você que me matar então venhar.
Ele não houve mais a voz, quando ele se movimentar dar de cara com a criatura e ele falar:
- OH merda.
Charle estava indo para o quarto, e entrou fechou a porta e falou:
- Tem uma pessoa lar fora que parece que quer matar, a criatura.
Sheilar estava deitada na cama e falou:
- Você pelo menos perguntou o nome dele?
ele respondeu:
- Sim, ele se chamar Kyller.
Syrús ainda encostado na parede falar:
- Bem pelo menos sabemos que tem mais alguêm vivo.
Sheilar ficou pensando e falou:
- Por pouco tempo se ele caçar a criatura sozinho.
Syrús ficou pensando e andando um pouco e falou:
- Ele deve ter mas chance do que agente, que tipo de arma de fogo ele tem?
Charle, ficou pensando se falaria a verdade, por que achava a pessoa que carregaria duas facas para matar a criatura, deve ser muito idiota. Ficou pensando e falou:
- Ele só tem duas facas.
Syrús se supriendeu e falou:
- Ele vai caçar a criatura com duas facas o que ele estar pensando, que a criatura vai se matar quando ver ele.
Charle ficou olhando para a escopeta e falou:
- Ele com duas facas foi atrás de uma criatura, e nós com um escopeta, um revolver, nem vai atrás dela, eu acho que quem não estar pensando direito é agente.
Sheilar se levantar e falar:
- Caras, olhem para a porta.
Quando Charle virar ver a criatura, foi tentar dar um golpe de machado, mais o Charle esquivar que cair do chão e atirar com uma escopeta, a criatura sair correndo, e ele falar:
- Bem parece que a criaturar vai vim nos pegar de alguma maneira.
Syrús ficar supreso e falar:
- Tudo bem , vamos martalo agora.
Kyller estava difrente com a criatura, ele com as duas facas e enfiou na barriga dele e empurrou ela, até ela cair no chão, ela com um machado na mão, tentou atacar ele, mas conseguiu esquivar, e ainda atacando a criatura, ele deu um murro muito forte, e bateu na parede com o impacto do murro dele, Kyller no chão falar:
- Agora você vai ver seu maldito.
A criatura se levantar, quando ia matar ele, ela levar dois tiros nas costas uma de escopeta e outra com um revolver, ela virou para trás e viu Charle e Syrús, atiraram de novo e sem parar, até que finalmente a criatura morreu, quando ela morreu todos se sentaram no chao, o Charle falou:
- Finalmente martamos ele, agora não existe mais nada para nos preocupar.
Kyller ficar pensando e falar:
- Eu não diria isso.
Charle ficar supreso e falar:
- por que você achar isso.
Kyller olhar para ele e diz:
- Existe algo terrivel no segundo andar.
Syrús ficar sério e falou:
- O que você viu lar?
Kyller falou:
- Eu vir dois "deles" terrivelmente mortos, o mais estranho é de que ao contrario de todos os andares não vir ninguêm.
Charle ficou pensando e diz:
- Como você conseguiu subi para o segundo andar, ou descer não sei nem em que andar estamos?
Kyller responde:
- Quando o elevador para para entregar alguma coisa, você pode ir no elevador, e aperta o botão do andar que você que ir e pronto, estamos no primeiro andar o elevador vai até o setimo mais tem uma coisa estranha.
Charle achou isso engraçado e falou:
- O que não é estranho nesse lugar?!
Kyller dar um pequeno rizo e falar:
- Nos botões do elevador não tinha o numero três.
Todos ficam calados Charle olhar para cima e falar:
- Eu vou obedecer as regras apatir de agora, eu penso se as regras forem você tentar viver, normalmente indo para o seu qaurto e arrumando as coisas desse Hotel.
Kyller olhar para ele com cara de raiva e falar:
- Você estar maluco temos que sair desse lugar.
Charle colocou a mão no queixo, e ficou pensando e falou:
- Se esse local existe a um bom tempo como nós nunca ouvirmos falar de pessoas desaparecidas.
Syrús pensar sobre isso e falar:
- Eu não me lembre de ninguêm ter falado nada sobre esse hotel.
Kyller se lembrou de uma coisa e falou:
- O mundo sabe sobre o hotel.
Charle achou estranho esse comentario e falou:
- Como você sabe que o mundo sabe sobre esse hotel.
Kyller dar um pequeno sorriso e falou:
- por que quando eu vejo tv, sempre nas noticias, sempre quando vão falar alguma coisa, sobre esse hotel eles cortam os sinais.
Charle ficou tentando se lembrar de alguma coisa e falar:
- Eles devem ter apagado da nossa memoria tudo sobre esse maldito lugar.
Bateu no chão de tantar raiva, eles se levantaram,Syrús deu uma respirada e falou:
- Olha já vou por meu quarto.
Syrús andou um pouco e viu os olhos dois dois com sangue e a boca saindo sangue tambem, ele sair correndo para o quarto, Charle achou estranho e falou:
- Alguma coisa aconteceu.
Kyller foi até a porta dele e falou:
- eu posso sentir cheiro de medo.
Quando foi abrir a porta, ela se fechou com força, ele tentava abrir e falou:
- Abre a porta.
Ele não ouviu nada e depois ouviu Syrús falando:
- Eu tambem não consigo abrir.
Os dois tentam desasperadamente abrir a porta e finalmente conseguiram, Syrús saiu e olhou para os dois, Charle sem enteder nada pergunta:
- O que foi que aconteceu?
Syrús assutado, ficar descançando e falar:
- Eu vir o seus olhos e suas bocas sangrando.
Charle ficou pensando e falou:
- Por a Sheilar ainda não aparceu?
Syrús tentou pensar e falou:
- Não faço a menor ideia.
Os três foram para o quarto, e viram que ela não estava lar, Killer olhou e perguntou:
- Tem certeza que tinha uma garota aqui.
Charle olhou o banheiro de baixo da cama e falou:
- Ela estava aqui.
Syrús ficou andando de uma lado para o outro, e falou:
- E se ela foi ver os outros quartos.
Charle sentou e ficou pensando sentou na cama e falou:
- Mas onde ela pode estar?
Kyller ficou olhando para tudo e falou:
- Esse hotel é muito grande ela pode ter andado por air.
Charle deitou na cama e ficou pensando e falou:
- Isso não faz o menor sentindo por que ela andaria porair, se ela sabia que tinha uma criatura viva que poderia matar-la sem a menor dificuldade.
Kyller olhou para o corredor e falou:
- E se ela ouviu que a criatura morreu,e la poderia andar porair.
Syrús ficou pensando e falou:
- isso faz sentindo.
Charle ficou pensando e falou:
- E se ela é uma "deles".
Kyller ficou pensando e falou:
- Então termos que achar-la.
Todos saiem dar sala, e todos foram procurar ela, Kyller estava procurando e ele viu uma caixa perto do elevador e gritar:
- pessoal.
Todos foram em direção para ele e falar:
- Olhe uma caixa perto do evelador provavelmente ela tirou a caixa e entrou dentro do elevador.
Charle ficou pensando e falou:
- Então só temos que espera.
Kyller ficou olhando para todo o lugar e falou:
- Você estar certo.
Quando Charle olhar para o lado ver ele mesmo com uma cicatriz no rosto, ele virar o olhar e olha de novo e não ver ninguêm, achou estranho e se levatou e ficou olhando para o lugar todo e falou:
- Cadê?
Kyller achou isso estranho e falou:
- Cadê o que?
Charle ficar olhando de um lugar para o outro e falou:
- Ele estava aqui.
Kyller foi até ele e disse:
- Ele quem?
Charle ficou assutado e falou:
- Eu juro que eu me vir.
Kyller ficar olhando para as paredes e diz:
- Eu não vejo nenhum espelho.
Charle ficar tentando pensar e falou:
- Não era espelho por que ele estava com uma cicatriz.
A porta do elevador de abre a Sheilar sai correndo e abraçar o Syrús e ela falar:
- Graças a deus.
Charle ficou preocupado e falou:
- O que foi?
ela falou:
- O segundo andar.
Charle ficou mais curioso e pergunta:
- O que você viu no segundo andar?
Sheilar ficar sentada no chão e falar:
- Muitas pessoas.
Syrús ficou confuso e perguntou:
- Você falou que não tinha ninguêm lar.
Kyller ficou pensando e falou:
- Eu acho que eles não estavam lar no momento que eu fui.
Sheilar ficou tentando pensar e falou:
- Eles eram loucos, tentavam me matar ficavam dizendo que eu era um "deles".
Kyller ficou pensando e falou:
- Então por que você falou que não era?
Sheilar olhar para ele e falar:
- Eu disse mais eles não acreditaram tentaram me matar de alguma forma.
Syrús ficou andando em circulos e falou:
- Bem me parece óbivio que se um de nós entrar no elevador, não vamos para o segundo andar.
Sheilar se lembrou de uma coisa e falou:
- e não podemos ir para o terceiro, por que no elevador não tem o botão do terceiro.
Charle olhar para ela e falar:
- Nós já sabemos o Kyller nos contou.
Sheilar ficou tentando pensar colocando a mão na cabeça e falou:
- Eu acho que no terceiro andar não é como os outros.
Syrús ficou pensando e falar:
- Deve ser onde "eles" moram.
Sheilar olhar para o Syrús e falar:
- Eu não acho que seja isso.
Charle ficou confuso e pergunta:
- Por que você achar que no terceiro andar não é como esses?
Ela falou:
- Por que eu ouvir no segundo andar, sons de mecânismos, e era todo tempo esses sons.
Kyller ficou pensando e falou:
- será que é lar que eles trabalham?