quarta-feira, agosto 10, 2011

star monster ep:30

traidents se supriende
traidents:
- que poder é esse.
andré:
- um poder que nós humanos esquecemos.
traidents abre a mão para o André
traidents:
- vou provar que este poder não é tão grande assim.
André:
- o que foi já estar com medo?
traidents:
- o que?
o poder aumentando na mão de traidents
traidents:
- eu não tenho medo de você.
o poder aumentando.
traidents:
- que verme.
André:
- nervoso por que você estar falando demais.
traidents:
- você é que vai fica nervoso depois de tudo isso.
o poder não parava de aumentar.
traidents:
- como um verme desses me trata com tanto desrespeito.
o poder aumentava cada vez mais.
traidents:
- que verme.
traidents não parava de aumentar o seu poder
traidents:
- SEU VERME.
traidents lança um poder em direção ao andré
andré dar um sorriso
o golpe atinge ele e ocorre uma expolosão
traidents:
- isto ensinou a ele.
andré:
- me ensinou, sim.
traidents:
- o que?
andré:
- a ter paciência quando as pessoas falam demias.
traidents desaparece
traidents aparece perto do andré
traidents:
- toma maldito.
traidents vai dar um soco
andré desaparece
traidents:
- o que?
andré aparece
andré:
- você ficou lento.
traidents:
- o que?
traidents olhando com raiva para o andré
traidents:
- como ele ficou tão rápido?
andré:
- não vai fazer mais nada?
traidents:
- o que?
andré:
- vai fazer alguma coisa?
traidents:
- maldito.
andré:
- isto responde a pergunta.
traidents solta um poder
acontece a explosão
traidents:
- que maldito.
traidents dar algus passos
traidents:
- morra.
andré:
- erá melhor você não ver feito nada.
traidents:
- o que?
andré:
- por que foi vergonhoso.
a mão de traidents se fecha
traidents:
- como você me zomba desse jeito.
andré:
- antes de te matar quero diminuir a sua glória.
traidents:
- como ousar?
andré:
- você matou várias pessoas.
andré anda mais um pouco.
andré:
- você não merece morrer rápido.
traidents:
- você acha que consegue me matar.
andré:
- achar?
andré desaparece
traidents:
- o que?
andré aparece perto do traidents
traidents:
- maldito.
andré vai dar um soco
traidents tenta esquivar
andré acerta o soco
traidents cospe sangue
traidents ver o sangue
traidents:
- o que?
andré:
- eu não acho nada...
andré dar mais dois chutes
os dois acertam traidents
andré:
- tenho certeza.
andré vai dar um soco
traidents:
- mal...
andré dar um soco forte no traidents
zebrat:
- vamos.
sombrati:
- você consegue.
zebrat:
- não falhe André.
andré:
- estamos todos aqui querendo uma coisa.
traidents:
- venha me matar.
andré:
- assassinos como você não demonstro pena.
andré desaparece
traidents:
- onde estar você?
andré aparece na frente de traidents
andré:
- não me escondo de você.
traidents dar alguns passos para trás
andré dar um piso forte na frente
andré dar um sorriso
andré pisar forte causando uma onda de choque
traidents desequilibrar
andré segurar o ombro de traidents
traidents:
- mais o que?
andré:
- você não pode cair ainda.
andré levanta o traidents
andré:
- você ainda tem que levar muitos golpes antes disso.
traidents dar um chute
andré dar um cotovelada na perna do chute
traidents afasta um pouco a perna
andré dar uma joelhada no traidents
traidents levita um pouco
andré dar uma cotovelada no traidents
traidents estava indo em direção ao chão
andré dar um chute
traidents é jogado pelo chute
traidents fica parado no ar
andré aparece perto do traidents
traidents dispara um poder
andré esquiva
andré chega perto para dar um soco
traidents tenta esquivar
andré consegue acerta o soco
traidents dispara um poder
andré desaparece
traidents olhar para os lados
andré aparece do lado
andré vai dar um soco
traidents tentar esquivar
andré dar um soco no traidents
traidents sobe um pouco
andré pega no pé de traidents
traidents:
- mais...
andré joga o traidents no chão
antes de traidents car no chão o andré dar um soco no traidents
traidents fica um pouco no ar
andré dar três socos no traidents
andré desaparece
depois aparece em cima do traidents
andré dar um chute forte no traidents
traidents cai no chão
andré:
- agora pode cair no chão.
traidents olhar para o andré
traidents:
- não acredito?
traidents tenta se levantar
traidents:
- que ele seja tão forte.
traidents olha para mão
traidents:
- o que você estar fazendo?
traidents fecha a mão
traidents:
- o que você estar fazendo?
traidents olhar com raiva para o andré
traidents:
- você é o lider da sua raça.
traidents anda um pouco
traidents:
- mostre quem você é?
a uma imagem do dask estava ao lado de andré
traidents:
- o que estar havendo?
muitas imagenes dar criaturas estavam ao lado de andré
traidents:
- são todos que ordenei matar.
traidents via a cara de raiva das figuras.
traidents:
- será que eu realmente sou um bom lider.
traidents olhar para o andré
traidents:
- ele parece ser o lider deles.
traidents fecha os olhos
traidents:
- ele deve ser melhor lider que eu.
traidents anda mais um pouco
traidents:
- NADA.
traidents anda mais um pouco
traidents:
- não existe melhor lider que eu.
traidents anda mais um pouco
traidents:
- NÃO EXISTE MELHOR LIDER QUE EU.
traidents para
traidents:
- espere.
traidents olhar para as imagens
traidents:
- eu acho que eles estão me esperando.
traidents anda mais um pouco
traidents
- eles vão esperar e muito.
traidents anda mais um pouco
traidents:
- por que vou sobreviver a essa.
andré:
- estar louco.
traidents:
- o que?
andré:
- falando sozinho.
traidents:
- vou acabar com você.
andré dar uma risada
andré:
- é você estar louco.
traidents:
- vou te mostrar uma coisa.
traidents corre em direção ao andré
andré fica olhando aguardando
traidents chega do lado
andré se afasta um pouco
traidents dar um soco
andré esquiva do golpe
andré dar um soco
traidents:
- droga.
traidents recebe um soco na barriga
traidents afasta um pouco a mão
traidents dar um piso forte no chão
traidents deu um soco
andré desaparece
traidents acerta o soco no ar.
traidents:
- o que?
andré aparece no lado.
andré:
- o que foi?
andré dar um chute giratório.
o chute acerta a cabeça de traidents
traidents cai no chão
e no chão ele lança um poder
o golpe acerta o andré
acontece uma explosão
traidents:
- maldito.
andré:
- você estar brincando?
traidents:
- o que?
andré:
- como você lança um golpe desses.
traidents se levanta
traidents:
- do que você reclama.
andré:
- este seu golpe, foi tão fraco que nem valia a pena esquivar.
traidents fecha a mão de raiva
- maldito.
andré:
- só sabe fala isso?
andré desaparece
traidents:
- o que?
andré dar um chute na barriga de traidents
traindets anda um pouco para trás
traidents pisa forte no chão
traidents corre em direção ao andré
traidents dar um soco no andré
acerta na cara
traidents:
- o que foi?
andré dar um sorriso
andré:
- você estar falando sério?
traidents:
- o que?
andré:
- um golpe e você se acha.
traidents dar outro soco
acerta na barriga de andré
andré:
- você não entende?
traidents vai dar outro soco
acerta a cara de andré
traidents vai dar outro soco
acerta a cara de traidents
traidents:
- por que você não resiste.
traidents dar mais três socos no andré
traidents:
- resista desgraçado.
traidents dar mais 5 socos no andré
andré fica com o sorriso na cara
traidents:
- por que você não luta.
andré:
- para você perceber o quanto você é fraco.
traidents:
- não pode ser.
andré:
- que você é tão fraco que eu não preciso resistir.
traidents:
- você irá se arrepender.
traidents dar 10 socos
traidents dar 2 chutes
traidents se afasta um pouco e lançar um poder
o poder atinge o andré
acontece uma explosão
traidents concentra energia do braço
solta outro poder
causando mais uma explosão
traidents fica tentando ver alguém
andré aparece bem
traidents corre em direção ao andré
traidents dar um soco no andré
se afasta um pouco o traidents
traidents dar um chute no peito de andré
traidents dar mais dois socos
andré dar um soco no traidents
o soco acerta abarriga de traidents
traidents cospe sangue
andré dar um chute no traidents
traidents segura o braço de andré
andré:
- o que?
traidents estava juntando poder
andré dar um soco na cara de traidents
traidents ainda segurava o braço de andré
andré:
- o que você estar fazendo?
traidents continuava a junta poder
andré dar uma joelhada no traidents
traidents ainda resistia
andré:
- ainda não.
traidents segurava mais forte o braço
zebrat:
- o que ele pretende?
sombrati:
- não importa mais sei que não é uma boa idéia eles continuarem assim.
andré:
- me solta maldito.
andré deu joelhada no traidents
andré:
- droga ainda não sai.
o poder aumentava em volta do traidents
andré:
- não estou gostando.
andré dar uma joelhada no traidents
com o braço que o traidents segurar o braço de andré, o andré segura traidents
andré:
- sei o que pretende.
andré reúne poder
andré:
- você quer dar o ultimo golpe.
o outro braço de andré estava reunindo poder
andré:
- então que seja.
o poder dos dois estava aumentando
andré:
- JÁ.
o poder aumentando dos dois
andré:
- RÁ.
o poder aumentava cada vez mais.
andré:
- QUEI.
Traidents:
- o ultimo tridents.
acontece um grande explosão
a ventania estava forte
sombrati e zebrati estavam resistindo ao vento
zebrati:
- que onda de poder incríveis.
sombrati:
- não poderia concorda mais.
os dois estavam sendo arrastados
zebrati:
- mais que droga.
sombrati:
- não estou aguentando muito.
rodrigo estava rolando no chão
ele conseguiu se segurar em um arvore
rodrigo:
- vocês é que estão reclamando?
zebrati:
- sombrati você consegue ajudar-lo.
sombrati:
- eu acho que posso.
uma sombra do sombrati aparece na frente do rodrigo
a sombra fica na frente bloqueando o vento.
rodrigo:
- muito obrigado seja lá quem você for?
sombrati:
- eu sou sombrati:
rodrigo:
- mas você possuiu o meu amigo.
sombrati:
- mais ainda sou sombrati.
rodrigo:
- mas você possuiu charle.
zebrate:
- sério!
sombrati:
- o que?
zebrate:
- isto não é uma boa hora para discuti isso.
rodrigo:
- eu acho uma boa hora.
sombrati:
- lembra-se que você se transforma em nós.
rodrigo:
- o que isso tem haver.
sombrati:
- tecnicamente vocês é que nos possuem.
rodrigo:
- a gente só se transforma em vocês.
sombrati:
- mais é um tipo de posse.
rodrigo:
- dominou a mente do meu amigo.
sombrati:
- mais isso erá necessário.


Nenhum comentário: